10 formas de reduzir a ingestão de carboidratos

10 formas de reduzir a ingestão de carboidratos

Hoje já se sabe que, em geral, algumas gorduras fazem bem à saúde. O grande vilão para doenças cardiovasculares, diabetes e sobrepeso são os carboidratos consumidos em excesso. A realidade é que nossa dieta comum e atual é muito baseada em carboidratos. Hoje consome-se muita massa, pão, farinhas, bolachas além dos industrializados repletos de carboidratos.

Os carboidratos são fontes de energia, diante disso a alternativa não deve ser de cortar de vez e sim reduzir a quantidade ingerida. O importante é manter um equilíbrio entre as gorduras, proteínas e carboidratos, sem exageros em nenhum desses macronutrientes. Esse equilíbrio é fundamental e necessário para o bom funcionamento do organismo.

Outro fator muito importante a ser lembrado é a individualidade de cada pessoa. Para se manter e sentir saudável, cada um deve conhecer seu próprio organismo e não seguir dietas da moda. Assim, para algumas pessoas o sacrifício de eliminar radicalmente esse grupo alimentar pode ser desnecessário. Já outros podem realmente precisar reduzir sua ingestão, pois cada um tem uma necessidade de energia diferente e se comporta melhor a certos alimentos.

Podemos citar também a utilização do spray Inibidoce Zenlife, ele auxilia na redução do desejo de comer doces e alimentos gordurosos. Um dos principais efeitos é inibir as células da língua responsáveis por sentir o sabor doce, tirando a vontade de comer guloseimas. Além disso, acelera a queima de gordura, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, colaborando até para deixar sua pele mais bonita e saudável. O Inibidoce Zenlife é muito utilizado nas dietas de emagrecimento, é capaz de diminuir os níveis de açúcar no sangue e promover a perda de peso, também suprime o desejo por doces e o apetite. Essa propriedade auxilia na diminuição do risco de doenças cardiovasculares e nos níveis de colesterol.

Uma coisa é super válida para todos: deve-se cuidar e prestar muito atenção na qualidade do que é ingerido. Jamais podemos esquecer que os carboidratos são fontes de energia para o organismo e que, em maior ou menor quantidade, devem nutrir bem nosso corpo.

Dicas para Reduzir Carboidratos

 

Elimine bebidas açucaradas: Elas são ricas em açúcar, o que está ligada a um risco aumentado de resistência à insulina, diabetes tipo 2 e obesidade quando consumidos em excesso. Ao cortar os refrigerantes automaticamente reduzirá também a ingestão de carboidratos.

Reduzir a quantidade de pão: O pão é o alimento básico em muitas dietas. Infelizmente, é também bastante elevado o teor em carboidratos e geralmente pobre em fibras e com mínimo valor nutricional. Uma ótima ideia para substituir o pão é fazer uma batida mega nutritiva de abacate com cacau.

Se atente ao consumo de sucos naturais: sucos de fruta contém pouca ou nenhuma fibra e, mesmo sendo natural, é cheio de açúcar concentrado. Embora o suco de frutas forneça vitaminas, tome cuidado com o excesso. As melhores alternativas são água ou chás.

Inclua mais castanhas na dieta: As castanhas são fontes saudáveis, pois contém gorduras benéficas, proteínas e baixo índice, quase zero, de carboidratos. Além disso, são excelentes para saciar aquela fominha indesejável.

Coma mais ovos:  O ovo é um alimento cheio de energia , simples de preparar e ideal para quem quer diminuir os carboidratos. Cada ovo contém menos de 1 grama de carboidratos. Eles também possuem uma grande fonte de proteína de alta qualidade, que pode ajudá-lo a se sentir completo por horas e comer menos calorias durante o resto do dia. Além disso, os ovos são extremamente versáteis e podem ser preparados de várias maneiras.

Substitua a farinha de trigo por outros tipos: A farinha de trigo possui alta taxa de carboidrato e é usada na maioria das receitas onde requer assar, incluindo pães e bolos. Felizmente, existem outros tipos de farinhas que tem um índice glicêmico menor, como por exemplo: farinha de castanhas, coco, banana e semente de uva.

Substitua o leite de vaca por outros tipos: O leite de vaca não é tão benéfico para saúde como se pensava, ele é bastante rico em carboidratos pois contém lactose. Para substituir o leite, tente utilizar os leites vegetais como o leite de coco, amêndoas ou linhaça. Além de mais nutritivos e saudáveis, esses leites têm um índice bem baixo de carboidratos.

Cuidado com o amido: Insira mais vegetais e limite a ingestão de batatas cozidas, milho, arroz, outros alimentos ricos em amido. Substituir com outros vegetais de raiz que contém menos carboidratos e aumentar a quantidade de vegetais verde-escuros que são consumidos em cada refeição, proporcionará mais benefícios e muitos mais nutrientes.

Aumente o consumo de gorduras boas: Gorduras saudáveis fornecem energia e ajudam a saciar a fome. Assim, você precisará de menos carboidratos. Inclua abacate, coco, amêndoas, castanhas, manteiga, azeite de oliva e gema de ovo.

Inclua proteínas na dieta: Carnes vermelhas têm muito pouco em termos de carboidratos e oferecem muita proteína. Peixes e aves também são boas opções que fornecem nutrientes e saciam a fome, eliminando assim a vontade de comer carboidratos.

A transição para um estilo de vida low-carb saudável pode ser relativamente fácil se você tem as informações e as ferramentas adequadas. Então se você realmente quer diminuir a ingestão de carboidratos, aproveite essas dicas!

Navegação
×

Cart